• Recarga de Cartucho RJ | Recarga Mania | Banner

Como desentupir um cartucho de impressora? Conheça soluções e os riscos

Os cartuchos de impressoras podem ficar entupidos por vários motivos, um deles é a falta de utilização por algumas semanas ou meses. Isso acontece graças ao ressecamento da tinta nos bocais, que impede que a coloração passe para o papel. No entanto, é possível encontrar diversos métodos caseiros para corrigir essas falhas com produtos simples do dia a dia.

Recomendações dos fabricantes

Antes de tomar qualquer qualquer medida, certifique-se de que seu cartucho está realmente entupido e não vazio. Normalmente, as impressoras mais modernas trazem o nível de tinta indicado no visor do próprio equipamento, caso possua, ou no programa de suporte instalado no computador. Se tiver certeza de que o componente está carregado, execute uma impressão e verifique se ela apresenta um resultado uniforme.

Segundo o expert em suprimentos de impressão da HP, Thom Brown, os cartuchos de impressão são projetados para serem duráveis, mesmo quando a impressora não é utilizada por várias semanas. No entanto, o equipamento pode exigir manutenção para funcionar melhor. “Se um usuário vê pequenas manchas de tinta em uma página (através da formação de faixas), o procedimento recomendado é executar a limpeza ou manutenção da impressora”, recomenda.

A maioria das impressoras modernas traz serviços de calibração e limpeza de cartuchos de impressão. A localização do recurso pode variar de acordo com a marca, o modelo ou a versão do driver instalada no seu PC. Sendo assim, consulte antes o manual de instruções da sua impressora. Caso não o tenha, você pode procurar suporte para a sua HP ou para seu equipamento Epson no site da fabricante.

O uso dos métodos caseiros para o desentupimento do cartucho de impressão, segundo Thom Brown, não é recomendado pela HP. O especialista afirma ter ciência de que alguns usuários conseguem ser bem sucedidos ao utilizar panos sem fiapos, água destilada ou solução de limpeza. No entanto, ele alerta que os riscos são grandes.

“Remover o cartucho e utilizar soluções caseiras poderia facilmente danificar a delicada cabeça de impressão. Atente-se que o conector é igual a um chip de computador. Você pode causar mais estragos do que bem”, recomendou Brown.

Há ainda algo importante que o usuário deve verificar caso os cartuchos sejam novos: a garantia do produto. Sendo assim, veja quanto tempo o fabricante do componente oferece de cobertura em casos de mau funcionamento e quais os problemas cobertos. A HP alertou que a garantia da empresa não cobre produtos vazios, recarregados e que tenham sido adulterados ou usados indevidamente.

Métodos caseiros

Se o usuário não conseguiu sucesso ao seguir os procedimentos dos fabricantes e pretende tentar resolver o problema em casa, há alguns métodos bem simples que podem ajudar. A maior parte deles utiliza produtos caseiros facilmente encontrados na Internet ou em lojas especializadas. Confira a lista:

– Pré-umectação (não recomendado para cartuchos Epson)

Materiais necessários: 1 vasilha, guardanapos e solução de limpeza.

Este método consiste em colocar o cartucho em contato com uma solução de limpeza, facilmente encontrada na Internet ou em lojas especializadas. Para começar, forre o fundo da vasilha com o guardanapo e o umedeça com a solução de limpeza. Em seguida coloque o cartucho com o bocal (parte inferior) em contato com o papel umedecido e aguarde até que a tinta comece a vazar, apresentando manchas no guardanapo. O processo pode durar até três horas. Para certificar-se de que está tudo certo, passe o bocal do cartucho em um guardanapo seco e veja se ficou um rastro uniforme de tinta. Se sim, limpe bem os conectores e coloque o cartucho de volta na impressora.

– Gotejamento (não recomendado para cartuchos Epson)

Materiais necessários: conta-gotas, guardanapos e solução de limpeza

Coloque o cartucho sobre uma superfície com os bocais virados para cima. Em seguida, utilize o conta-gotas para pingar três vezes sobre o bocal do cartucho. Aguarde algum tempo e passe o cartucho em um guardanapo seco para verificar o desentupimento. Se o cartucho deixar um rastro de tinta uniforme no papel, está tudo certo. Caso contrário, você pode tentar repetir o procedimento. Lembre-se de limpar bem a parte metálica antes de colocar o cartucho novamente na impressora.

– Mergulho em água quente

Materiais necessários: vasilha, água deionizada (disponível em farmácias) e guardanapos

Coloque cerca de dois dedos de água deioniza na vasilha, o suficiente para cobrir a cabeça de impressão do cartucho. Em seguida, aqueça a água por um minuto no microondas. O líquido não deve estar fervendo, apenas aquecido, caso contrário poderá danificar o cartucho. Após se certificar, coloque o componente na vasilha com água e aguarde até que a tinta comece a vazar. Retire o cartucho do recipiente e faça o teste com um guardanapo de papel, lembrando-se de secá-lo bem.

– Higienizador a vapor

Materiais necessários: higienizador a vapor e guardanapos

Este método exige um pouco mais de cuidado, já que utiliza o vapor quente de equipamentos muito comuns de limpeza doméstica. Ligue o higienizador e o coloque a cerca de três centímetros do bocal do cartucho, nunca em uma distância menor do que essa. O processo é bem rápido. Quando perceber o vapor soltando tinta do cartucho, faça o teste com o guardanapo seco. Novamente, seque bem o produto antes de colocar na impressora.

Fonte: techtudo.com.br

CONTATO

Entre em contato conosco agora!

Central exclusiva para novos clientes: (21) 2161-6613

Criado por:

CL DIGITAL MARKETING

Redes Sociais:

Desenvolvido por: CL Digital